Alto contraste A- A A+
Login
Home

Unieuro

Sua escolha para um grande futuro.

4 de dezembro de 2018, 11:12 - Por Assessoria de Comunicação UNIEURO

TCC de Odontologia aborda o Controle de Flúor na Água de Abastecimento Público do Distrito Federal

Alunos de Odontologia apresentaram o Trabalho Final de Conclusão de Curso TCC- no dia 03 de dezembro, na unidade Asa Sul. De suma importância para saúde pública, o tema abordado foi “Heterocontrole da Fluoretação da Água de Abastecimento Público do Distrito Federal.
De acordo com a professora doutora Senda Charone, orientadora da do projeto, o objetivo da pesquisa foi avaliar a fluoretação da água de abastecimento público do Distrito Federal. “Pretendendo-se com isso verificar a efetividade do heterocontrole da fluoretação para beneficio da prevenção e controle de cárie na referida população”. No entanto, até o presente momento, não existem evidências científicas da realização de heterocontrole da fluoretação da água de abastecimento público no DF.
Para tanto, a amostra foi definida a partir dos setores de abastecimento no mapa do Distrito Federal. 10 Estações de Tratamento de Água no Distrito Federal. Cada um dos setores teve três pontos de coleta de amostras: residências, igrejas e estabelecimentos públicos e comerciais. Foram coletadas 27 amostras de água por mês, totalizando 81 durante três meses, agosto, setembro e outubro de 2018.
Os resultados demonstraram que cerca de 90% das amostras de água coletadas apresentaram concentração de flúor variando entre os limites mínimo e máximo aceitáveis, sendo, 10% classificadas como apresentando concentração inaceitável, e, inadequada para os benefícios da prevenção anticárie.
De acordo com os depoimentos dos alunos Joviley Rabelo dos Reis e Mariana Parente Freire, a escolha do tema foi relevante, devido a abrangência do benefício da fluoretação da água de abastecimento público no que tange a prevenção da cárie dentária.
Um dos pontos destaques da pesquisa, segundo a Profa. Dra. Senda Charone, está relacionado aos efeitos preventivos do flúor, amplamente reconhecidos em ações de saúde pública, que são maiores quando a água é empregada como veículo em função da sua abrangência coletiva, efetividade, custo e frequência de consumo. Será realizada a continuação da coleta das amostras em um período de 12 meses para consolidação de resultados mais concretos. Essa pesquisa teve a colaboração da Profa Dra. Marília Afonso Rabelo Buzalaf, professora titular do Departamento de Bioquímica Oral da Faculdade de Odontologia de Bauru – USP.

img_1015-edi img_1026-edi